EVOLUÇÃO EM QUATRO DIMENSÕES.



As idéias sobre hereditariedade e evolução estão sofrendo mudanças drásticas.

Novas descobertas da biologia molecular desafiam a visão do darwinismo centrada no gene, segundo a qual adaptações ocorrem apenas pela seleção natural de variações aleatórias no DNA.

Eva Jablonka e Marion J. Lamb argumentam neste livro que há mais do que genes na hereditariedade.

Elas identificam quatro “dimensões” na evolução - quatro sistemas de herança que desempenham um papel na evolução: a genética, a epigenética (ou transmissão de características celulares, alheia ao DNA), a comportamental e a simbólica (transmissão através da linguagem e de outras formas de comunicação).

Esses sistemas, argumentam, são capazes de fornecer variações sobre as quais a seleção natural pode agir.

Evolução em quatro dimensões oferece uma visão da evolução mais rica e mais complexa do que a visão unidimensional e centrada nos genes que muitos adotam hoje.

A nova síntese proposta por Jablonka e Lamb incorpora a idéia de que mudanças induzidas e adquiridas também têm um papel na evolução, e deixa claro que há muito mais variação disponível para a seleção natural do que sonha a biologia.

Um livro que vale a pena ler.







Eva Jablonka – professora de História da Ciência Israelense.

Eva Jablonka – É professora no Instituto Cohn para a História da Ciência e das Idéias na Universidade de Tel Aviv, Israel.




Marion J. Lamb – professora na Universidade de Londres.

Marion J. Lamb – foi professora no Birkbeck College, na Universidade de Londres, antes de se aposentar.

Muita Paz e Luz.
Um beijo no coração de todos.


José Eduardo Antonio de Mattos
Angela Maria de Aquino Mattos