QUEM O MAIOR PSICOPROCARIOTO CONHECIDO NO MUNDO?



UMA MENSAGEM DE LUZ INTEGRAL

Quem é o maior psicoprocarioto conhecido no mundo?

O maior psicoprocarioto conhecido no mundo atualmente é o Thiomargarita namibiensis.

Esse psicoprocarioto tem entre 300 e 750 µm de diâmetro. Essa medida maior pode ser um pouco maior que um ponto no final dessa frase.

A maior parte da célula consiste em vacúolo cheio de nitrato. Os corpos brancos são grânulos de enxofre formados pela oxidação de sulfeto de hidrogênio.

Hoje sabemos que quanto maior o psicoprocarioto maior é o impacto de difusão.

O limite de nosso conhecimento ainda é muito pequeno acerca da diversidade psicomicrobiana.

Muitos procariotos fazem parte de cadeias alimentares complexas e só podem se desenvolver na presença de outros micróbios que preenchem exigências de crescimento específicas.

Sabemos muito pouco sobre a microbiologia ambiental. A diversidade psicomicrobiana é enorme.

A descoberta de psicobactérias grandes trouxe à tona a questão de o quão grande um procarioto pode ser e ainda absorver nutrientes por difusão.

Sabemos muito pouco. O que sabemos é uma gota, o que não sabemos é um oceano.

Os psicomicróbios geralmente são pequenos.

Se um psicoprocarioto pequeno fosse ampliado um milhão de vezes esse psicoprocarioto teria o tamanho aproximado de um ser humano.

Os psicomicróbios geralmente compensam a vulnerabilidade inerente ao seu tamanho formando agregados ou vivendo em comunidades juntamente com outros psicomicróbios.

Os psicomicróbios são os seres mais sociais que conheço. Vivem em todas as suas proles. Eles são os mestres da sociobiologia. Uma única grama de solo pode conter 10 mil ou mais tipos de micróbios. Tudo isso é encantador. Sem eles nós não existiríamos.

Os psicomicróbios são incríveis. Foram os primeiros seres biofotônicos, eletromagnéticos e bioquímicos.

Os seres vivos são seres biofotônicos, eletromagnéticos e bioquímicos.

Os seres vivos são seres de luz.

Somos proles de micróbios em evolução simbiótica.

As edificações espirituais celulares são encantadoras.

Precisamos conhecer melhor e mais profundamente nossas “raízes” espirituais e materiais.

O ancestral comum foi um psicoprocarioto.

Precisamos estudar mais profundamente a psicologia das células procarióticas e eucarióticas.

Não podemos confundir essência com existência.

 Não podemos confundir campo com corpo. Não podemos confundir extrafísico com físico.

O extrafísico e o físico se entrelaçam na natureza.

O psicobioentrelaçamento existe na natureza.

O psicobioemaranhamento existe na natureza.

Tudo na existência é impermanente.

Na essência é eterno e não imortal.

Espírito é primário, eterno, extrafísico, imaterial e não local.

Alma vivente é secundária, transitória, física, material, molecular e local.

Alma vivente é tudo que vive que respira um gás qualquer, isto é, oxigênio, metano, etc.

Tudo que vive faz parte de uma cadeia alimentar complexa porque apresenta unidade bioquímica.

A cadeia almática vivente é a cadeia alimentar.

Espírito não pode comer espírito.

Espírito é diferente de alma vivente.

Espírito cria sua alma vivente.

A célula procariótica já é uma alma vivente.

A abertura de informações espirituais e científicas de forma integral será cada vez mais aberta na internet.

O que estamos afirmando será cada vez mais aceito no século XXI.

Seja luz! Aceite a luz! Expanda a luz!

Luz e paz em seu caminhar!

José Eduardo Antonio de Mattos


José Eduardo Antonio de Mattos

Muita Paz e Luz.
Um beijo no coração de todos.

José Eduardo Antonio de Mattos
Angela Maria de Aquino Mattos